Visualizar Menu
Inscreva-se

Notícias

Fique por dentro de tudo o que acontece na Unifametro

Professor Colaço Martins, Sócio Fundador da Fametro, escreve artigo de opinião em homenagem ao Dia do Professor

Em seu artigo intitulado “Professor 4.0”, professor Colaço destaca o papel do professor na era da informatização e no que chama de “Quarta Revolução Industrial”. Confira:

 

 

Professor 4.0, por Colaço Martins

 

Estamos assistindo à Quarta Revolução Industrial, impondo mudanças relevantes nas empresas e organizações existentes, inclusive, nas educacionais, que convivem com uma rede de computadores em volume incomensurável de informações de fácil e imediata acessibilidade. Diante desta realidade, pergunta-se: qual o papel do professor?

Os avanços da inteligência artificial ajudam as atividades docentes de natureza burocrático-administrativas (chamada, lançamento de notas e semelhantes), liberando o docente para concentrar-se no aprendizado do aluno, a atividade-fim de sua atuação. A função docente, que era a fonte de informação para o aluno, passa a ser de orientador das fontes de informação condizentes com o aprendizado desejado, não esquecendo a função de formador da personalidade, do caráter do discente, com vistas a seu amplo desenvolvimento pessoal, profissional e cultural. Ressalte-se que a função docente não se reduz ao desenvolvimento das habilidades cognitivas; abrange habilidades não-cognitivas (criatividade, empatia, resiliência, adaptabilidade etc.)

Além das funções de orientador (de fontes de conhecimento), de formador (da personalidade e caráter) lhe é intrínseca a função de condutor (pedagogo), que leva o discente a orientar-se nos caminhos da vida pessoal, profissional e cultural, mesmo com a introdução de novas tecnologias e novas metodologias (ativas, aulas invertidas etc.). Foi e sempre será um “pedagogo”, um vetor (força e direção) para o desenvolvimento intelectual, ético e social do discente. Função imprescindível, pois se as pessoas não se desenvolverem, nada se desenvolverá.

No dia dedicado ao professor, é mister reconhecer que os docentes do Estado do Ceará são atores fundamentais na construção dos bons resultados alcançados pelos estudantes cearenses, que se destacam nacionalmente. Que o espírito inovador e empreendedor de Professores da lavra de Ari de Sá, Filgueiras Lima, Ari Sidou, Edilson Brasil Soárez, Genuíno Sales e Roberto Carvalho sejam inspiração permanente para o corpo de mestres alencarinos, na Quarta Revolução Industrial.

Notícias relacionadas

Unifametro propõe diálogo com o mercado em palestra ministrada por Geraldo Luciano

Foco, metas, motivação. Esses foram alguns dos pontos abordados pelo vice-presidente do Grupo M Dias Branco, Geraldo Luciano, na palestra que conduziu, na última terça-feira (21), na Unifametro. O evento, organizado pela Unifametro, reuniu empresários, representantes de entidades ligadas a diferentes setores produtivos, alunos, professores, jornalistas e formadores de opinião, no novo campus da IES, localizado à Rua Carneiro da Cunha, 180, no bairro Jacarecanga.   Geraldo Luciano se utilizou das experiências que acumulou ao longo de sua trajetória para falar sobre carreira e o que é preciso fazer para se tornar um profissional de sucesso. Na intermediação do debate que sucedeu a palestra estava a jornalista Kelvia Ribeiro, do Sistema Verdes Mares de Comunicação.   O encontro faz parte de uma série de ações realizadas pela Unifametro para divulgar as metodologias que adota nos cursos que compõem o seu programa de pós-graduação. O diálogo com o mercado está entre os diferenciais, ao permitir aos alunos a participação em eventos exclusivos e que aproximam a teoria da prática, enaltecendo a troca de experiências.   Além de falar sobre a importância da busca diária por conhecimento, Geraldo Luciano procurou incentivar os participantes a terem ideias inovadoras, foco e determinação para alcançarem seus objetivos. “Tem esse mundo novo hoje, que é o das startups. Um grande desafio e uma grande oportunidade também que se soma à expectativa positiva que se coloca em relação à economia brasileira”, disse ele.   Com formação em administração e direito, mestrado em administração de empresas, Geraldo Luciano atua no grupo M. Dias Branco desde 1995, quando iniciou sua atuação como Diretor Financeiro do Banco Equatorial. Além do cargo que ocupa atualmente, Geraldo é membro da Diretoria Estatutária e acumula a presidência do partido Novo no Ceará.   Durante a abertura do evento, a reitora da Unifametro, Christiane Melo, ressaltou a importância do curso Lato Sensu para profissionais que almejam fortalecer sua atuação no mercado de trabalho. “A busca por profissionais com qualificação mais específica e com maior conhecimento na área em que atuam é uma demanda latente do mercado, e que acaba por exigir das instituições de ensino programas de formação mais completos, alinhadas às necessidades de cada área”, afirma Christianne.   Os mais de 40 cursos de especialização e MBA estão disponíveis nos campi de Fortaleza e Maracanaú da IES e contemplam inúmeras áreas. São elas: Direito, Educação, Estética, Gastronomia, Gestão e Negócios, Saúde, Odontologia e Tecnologia. Atualmente, a Unifametro conta com  1850 alunos em suas turmas de pós-graduação.   A Unifametro Com 17 anos de atuação,  quatro campi em Fortaleza, um campus em Maracanaú e outro em Cascavel, a Unifametro conta com mais de 30 cursos graduação e outros 40 de pós-graduação, além de cursos de extensão gratuitos. O corpo gestor, que acompanha o desempenho dos quase 10 mil alunos e o trabalho de mais de 700 colaboradores diretos, é formado por Antonio Colaço Martins Filho, Chanceler da Instituição; Christianne Melo, reitora; Denise Maciel, pró-reitora acadêmica, e Edson Ronald, diretor administrativo financeiro.   [gallery columns="2" ids="6725,6722,6723,6724,6720,6726,6727,6721,6728,6731,6738,6739,6740,6741,6742"]

Leia Mais

“Unifametro na Comunidade” leva cursos e oficinas gratuitos ao Morro do Ouro

O Unifametro na Comunidade irá levar capacitação, cuidados básicos com a saúde e estética, além de orientações profissionais para a Escola Paulo Petrola, no Morro do Ouro.   O projeto é uma iniciativa do Núcleo de Extensão e Responsabilidade Social da Unifametro, e faz parte da política da instituição em estar mais próxima e envolvida com os anseios da comunidade do entorno de nossos Campi.   Serão diversas oficinas oferecidas pelos cursos de Gastronomia, Educação Física, Serviço Social, Estética e Cosmética, Arquitetura e Urbanismo, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Gestão de Recursos Humanos, atividades práticas e atendimentos de Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição e Psicologia, além de orientações jurídicas pelo curso de Direito.   Todas as atividades são gratuitas, com vagas limitadas e as inscrições devem ser feitas presencialmente na Escola Paulo Petrola.   A programação acontecerá nos dias 08,10 e 11 de junho, com atividades nas instalações na Escola Paulo Petrola no sábado e também nos Campi da Unifametro nos dias restantes.   Clique aqui e confira a programação.

Leia Mais