fbpx

Notícias

Fique por dentro de tudo o que acontece na Unifametro

Unifametro promove Maratona de Carreiras com atividades de preparação para processos seletivos

Com objetivo de contribuir com o desenvolvimento profissional, empregabilidade e trabalhabilidade de alunos, egressos e população em geral, o Unifametro Carreiras realiza a 2ª edição da Maratona de Carreiras, evento online com atividades preparatórias para processos seletivos. A programação se divide em cinco sábados (30.04, 07.05, 14.05, 21.05 e 28.05), das 9h às 11h. Os participantes recebem certificado e as inscrições podem ser feitas aqui. O link de acesso será enviado por e-mail do participante após confirmação da inscrição.

No primeiro sábado de programação (30.04), a Maratona vai ajudar o participante na construção de um currículo profissional, documento formal utilizado por profissionais para apresentar a sua trajetória. A oficina abordará os seguintes assuntos: orientação de como construir um currículo estratégico e atrativo para o mercado de trabalho; quais são as informações importantes que devem constar e como apresentá-las e como valorizar as suas experiências e potencializar os pontos fortes.

Para quem deseja entender melhor como funciona o Linkedin – rede social profissional, no segundo sábado de programação (07/05), a Maratona será destinada para ensinar estratégias para ser um usuário com relevância na rede, buscar oportunidades profissionais por meio da ferramenta, além de discutir a importância e possibilidades do Linkedin.

No dia 14/05, o participante irá aprender como potencializar suas habilidades e competências em entrevista individual e dinâmicas de grupo; compreender o que é entrevista por competências; marketing pessoal e marca profissional.

No dia 21/05, a maratona irá ensinar ao participante como produzir o Currículo Lattes, uma das ferramentas mais importantes no mundo acadêmico. Já no dia 28/05, o participante irá compreender o empreendedorismo como opção de carreira, o cenário do empreendedorismo no momento atual, além de conhecer as características necessárias para ser empreendedor.

De acordo com a Analista do Unifametro Carreiras, Marta Brandão, a ideia da programação é trabalhar hard skills de empregabilidade e trabalhabilidade, que são as competências técnicas, e contribuir para o desenvolvimento profissional do indivíduo.

 

Notícias relacionadas
Entenda as diferenças entre estágio obrigatório e não obrigatório

Entenda as diferenças entre estágio obrigatório e não obrigatório

O estágio pode ser a melhor porta de entrada para o mercado de trabalho, além de ser uma maneira de adquirir experiência na área de formação e de colocar em prática aquilo que se aprende em sala de aula. A lei que regulamenta o estágio (Lei nº 11.788/08) prevê dois tipos de modalidades: o obrigatório e o não obrigatório. A psicóloga Marta Brandão, Analista de Carreiras da Unifametro, separou as principais diferenças entre eles. Confira! O estágio obrigatório compõe a grade curricular de alguns cursos de graduação e pós-graduação, sendo vinculado a uma ou mais disciplinas obrigatórias, com carga horária específica - sem a qual o aluno não poderá concluir o seu processo de formação profissional.   O estágio não obrigatório é uma atividade opcional, sendo diretamente ligado à área de estudo e tem como objetivo complementar às atividades curriculares do curso.   

OBRIGATÓRIO                 

  NÃO OBRIGATÓRIO

O pagamento de bolsa-auxílio e auxílio transporte não é exigido pela lei O estudante recebe uma bolsa auxílio, vale transporte, recesso remunerado e outros benefícios previstos na legislação
O aluno precisa estar matriculado em disciplinas de estágio Pode ser realizado a qualquer momento do curso*
Precisa respeitar a carga horária total definida na matriz curricular do curso Pode durar até 2 anos em uma mesma empresa e não tem uma duração mínima
A carga horária não pode ultrapassar 6 horas diárias e 30 horas semanais
  *exceto para cursos em que o conselho de classe possua normas específicas!  

Unifametro Carreiras

A Unifametro Carreiras é uma área dedicada, exclusivamente, para apoiar alunos e egressos em seu desenvolvimento de carreira e empregabilidade, fortalecendo o elo entre a instituição e o mercado de trabalho.  

Leia Mais
HARD SKILLS E SOFT SKILLS: VOCÊ SABE A DIFERENÇA?

Hard skills e soft skills: você sabe a diferença?

Certamente, você já se deparou com os termos hard skills e soft skills. Esses são conceitos muito utilizados por recrutadores para especificar habilidades técnicas e comportamentais dos profissionais. Entender o significado e a diferença entre eles é importante para identificar e desenvolver suas habilidades e aptidões. Por isso, a psicóloga Marta Brandão, analista de carreiras da Unifametro, explicou as principais distinções entre esses termos:   HARD SKILLS E SOFT SKILLS: VOCÊ SABE A DIFERENÇA?   As hard skills nada mais são do que as habilidades técnicas adquiridas ao longo de nossa trajetória. Em suma, se tratam de habilidades que podem ser mensuradas e comprovadas por intermédio de diplomas, de certificados e de experiências profissionais. Em um processo seletivo, é muito comum o candidato avançar para entrevista em função dessas competências.   Já as soft skills dizem respeito a aspectos mais subjetivos, ligados ao nosso comportamento e ao relacionamento interpessoal. Cada vez mais, as empresas têm utilizado essas competências como um fator decisório na contratação de candidatos. Portanto, essas características são muito importantes na conquista de uma vaga e são elas que irão, de fato, garantir a sua permanência no mercado de trabalho.    Durante o processo seletivo, as soft skills podem ser observadas através de entrevista por competência, testes psicológicos, comportamentais e dinâmicas com foco em alguma competência específica.    Confira as principais diferenças e exemplos:  

HARD SKILLS

SOFT SKILLS

- Competências técnicas; - Colocamos no currículo; - Aptidões técnicas, certificações, qualificações e experiências profissionais; - Facilmente quantificadas e mensuradas. Exemplos: formação acadêmica (graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado); cursos, palestras e eventos; informática (Word, Excel, PowerPoint); conhecimento de softwares (AutoCAD, SAP, TOTVS); fluência em idiomas; experiência em recrutamento e seleção. - Competências comportamentais; - Não colocamos no currículo; - Aptidões mentais, emocionais e sociais; - Mais difíceis de serem mensuradas. Exemplos:  gestão do tempo, adaptabilidade, resiliência, pensamento crítico, resolução de problemas, comunicação eficaz, criatividade e aprendizado contínuo.
  Caso tenha ficado alguma dúvida sobre o assunto, não deixe de entrar em contato conosco: carreiras@unifametro.edu.br  

Unifametro Carreiras

A Unifametro Carreiras é uma área dedicada, exclusivamente, para apoiar alunos e egressos em seu desenvolvimento de carreira e empregabilidade, fortalecendo o elo entre a instituição e o mercado de trabalho.

Leia Mais